Busque por temas

Em alta

Como a Latam aumentou a pluralidade no mercado de aviação

Como a Latam aumentou a pluralidade no mercado de aviação

Após crise na pandemia, empresa passou a olhar para representatividade em pilares como gênero, pessoas com deficiência e questões raciais; gerente de recrutamento e seleção da companhia aérea fala sobre desafios de aumentar pluralidade em mercado marcado por machismo e forte hierarquia

5 livros imperdíveis sobre liderança para você ler já

Assumir a liderança de um time não precisa ser um bicho de sete cabeças - e esses livros mostrarão o porquê

Luiza Terpins
5 de junho de 2022
5 livros imperdíveis sobre liderança para você ler já
Leia emminutos
Voltar ao topo

Sejamos sinceros: ninguém nos ensina exatamente como ser um líder. Na verdade, ainda é muito comum que o reconhecimento por um trabalho bem feito seja um aumento de salário, uma mudança de cargo e… um grupo de pessoas que espera de você uma direção. Independente da área, os desafios de assumir a responsabilidade por um time são gigantes e podem ter resultados tão maravilhosos quanto desastrosos. 

Exatamente por isso, liderança é assunto sério e, para ajudar quem tem essa missão, reunimos 5 livros imperdíveis sobre o assunto que farão de você um verdadeiro líder. Confira: 

Multiplicadores, de Liz Wiseman

Quando o assunto é liderança em grandes empresas, Liz Wiseman sabe do que está falando. A autora de Multiplicadores (ed. Rocco) já gerenciou grandes times dentro da multinacional de tecnologia Oracle e hoje é CEO do Wiseman Group, uma empresa de pesquisa e desenvolvimento de liderança que conta com clientes como Apple, Disney, Facebook, Google, Microsoft, Nike, Tesla e Twitter. Além disso, a executiva já foi citada no ranking Thinkers50 e em 2019 foi reconhecida como uma das maiores vozes sobre o assunto do mundo. 

Exatamente por causa de seu histórico, Wiseman tem muito a compartilhar quando o assunto é como liderar um time. Em Multiplicadores, a autora defende a ideia de que há dois tipos de liderança: a que diminui as forças do seu time e a que multiplica. Nesses dois escopos, Wiseman enxerga alguns comportamentos mais frequentes: há quem crie um ambiente tenso, de desconfiança e de micro-gerenciamento, e há quem incentive os colaboradores a alcançar novos desafios de forma inspiracional, provoque debates abertos e decisões inclusivas e atraia talentos. Ao longo do livro, Wiseman traz inúmeras dicas e passo a passo das boas práticas de um líder multiplicador. 

Multiplicadores foi um best-seller do Wall Street Journal e traz diversos estudos de caso – coletados ao longo de anos de experiência de Wiseman e de mais de 150 entrevistas que a autora fez com líderes do mercado.

Empatia assertiva, de Kim Scott

livros liderança empatia assertiva

Kim Scott já esteve à frente de times compostos por mais de 700 pessoas em empresas como Google, Youtube e AdSense. Ao longo de anos, a executiva acumulou não só um currículo invejado, como também muito conhecimento sobre como ser um bom líder. Não é à toa que seu livro, Empatia assertiva (ed. Alta Books), é item indispensável para todos que se encontram responsáveis por uma equipe.

Assim como o nome sugere, o maior diferencial da obra é ensinar como gestores podem cultivar um bom relacionamento com colaboradores, sabendo dosar a quantidade certa de empatia e assertividade. Em outras palavras, como ser direto e cobrar sua equipe sem correr o risco de ofender alguém. Junto com essa ideia principal, Scott ainda entra em pormenores sobre a melhor forma de dar feedback ou demitir um funcionário, como desenvolver sua equipe, como praticar uma liderança colaborativa e nutrir honestidade na relação.

Indicado por figuras como Shona Brown, executiva do Google, Sheryl Sandberg, empresária e ex-chefe de operações do Facebook, e o autor best-seller Daniel Pink, Empatia assertiva figurou nas listas de títulos best-sellers do New York Times e do Wall Street Journal por diversos anos seguidos.

Líderes se servem por último, de Simon Sinek

Um dos gurus quando o assunto é liderança, Simon Sinek já impressionou inúmeras pessoas ao redor do mundo com seus livros best-sellers e palestras que acumulam milhões de visualizações no YouTube. Enquanto Comece pelo porquê marcou a estreia de Sinek como autor, é com Líderes se servem por último (ed. Alta Books) que o especialista desenvolve uma obra-prima para todos que almejam ser líderes melhores.

A principal ideia por trás do livro é a de que a confiança entre os membros de uma equipe está fundamentada na habilidade do líder de criar uma conexão com eles. Para isso, Sinek acredita que alguns ingredientes são essenciais, como segurança, que permite que o grupo possa focar no próximo passo e progredir; empatia, que gera proximidade entre os participantes; e integridade, qualidade que ao ser identificada em um líder provoca confiança e identificação. O exemplo mais latente do livro é o do líder que se serve por último em uma refeição, certificando-se que todos tenham o que comer – e incentivando o grupo a pensar coletivamente para ter alimento o suficiente para todos, incluindo o líder.

Líderes se servem por último foi um best-seller do New York Times e não bastou muito para entrar nas listas de livros indispensáveis sobre liderança.

Os bastidores de um líder, de Julie Zhuo

Julie Zhuo é uma cientista da computação que não se encaixa no estereótipo do profissional isolado. A empresária já foi vice-presidente de design de produto do Facebook e hoje é cofundadora da Inspirit, consultoria de tecnologia. Com uma boa bagagem sobre como liderar times de alta performance, Zhuo compartilhou o seu conhecimento no livro Os bastidores de um líder (ed. Cultrix).

O foco da obra de Zhuo é claro: como ser uma boa liderança para uma equipe que alcança excelentes resultados. Neste livro, espere dicas práticas, por exemplo: como dar feedbacks sobre tarefas específicas de cada colaborador, como ter reuniões com um objetivo específico e bons resultados, como tomar decisões certeiras referente a novas contratações, entre outros. Ao final do livro, a autora também reflete sobre as diferenças entre liderar times pequenos e times grandes, assim como seus desafios particulares, como a importância de saber delegar responsabilidades e como ter um bom relacionamento com os colaboradores (mesmo que seja de uma forma mais distante).

Figurado na lista de best-sellers do Wall Street Journal, Os bastidores de um líder é um manual de instrução imperdível – principalmente para líderes de primeira viagem.

A incrível viagem de Shackleton, de Alfred Lansing

Alfred Lansing foi um jornalista norte-americano que, a princípio, não seria um nome óbvio para ensinar sobre liderança, mas a sua obra mais famosa, A incrível viagem de Shackleton (ed. Sextante), é um relato indispensável.

Talvez esta não seja uma obra que você esperaria ver em uma lista de livros de liderança. Em vez de seguir o estilo de narrativa de outros sucessos do gênero, A incrível viagem de Shackleton não é um livro exatamente teórico com estudos de caso e passo a passo para seguir. Ele é, na verdade, a história real sobre a tentativa de cruzar o Pólo Sul, realizada por Sir Ernest Shackleton e seus 27 tripulantes a bordo do navio Endurance, em 1914. Na expedição, eles foram pegos de surpresa por uma situação inesperada: o frio foi muito maior do que o previsto e o barco sucumbiu ao gelo. Para escapar da morte, Shackleton liderou o grupo por geleiras, montanhas e mar e conseguiu que todos voltassem com vida após 2 anos desde o acidente.

Indicado por Guilherme Benchimol, fundador da XP, o livro já figurou na lista de best-sellers do New York Times e é um manual de como ser um líder mesmo nas situações que parecem impossíveis.

Luiza Terpins é Editora de Cajuína e Líder de Conteúdo e Comunicação da Caju.