Busque por temas

Em alta

Como a Latam aumentou a pluralidade no mercado de aviação

Como a Latam aumentou a pluralidade no mercado de aviação

Após crise na pandemia, empresa passou a olhar para representatividade em pilares como gênero, pessoas com deficiência e questões raciais; gerente de recrutamento e seleção da companhia aérea fala sobre desafios de aumentar pluralidade em mercado marcado por machismo e forte hierarquia

Fora de Expediente com Jéssica Borsari, da Cora

A profissional recorre a livros de ficção e fantasia, além de viagens e videogame, para se distrair nos momentos de lazer

Luiza Terpins
16 de outubro de 2022
Fora de Expediente com Jéssica Borsari, Employer Branding da Cora
Leia emminutos
Voltar ao topo

Foi durante a faculdade de Engenharia de Produção em Uberaba, Minas Gerais, que a paulista Jéssica Borsari conheceu a área de marketing. A empolgação foi tanta que ela decidiu trancar o curso para atuar com isso em uma startup que na época tinha apenas cinco pessoas. “Cuidava desde a criação de conteúdo para as redes sociais à organização de eventos. Aprendi tudo na prática e me descobri como profissional de comunicação”, conta.

O Employer Branding a encontrou, como ela costuma dizer, logo em seguida, quando começou na Sankhya para estruturar a área com foco em atração de talentos. “Não tinha material e fui estudar para descobrir como se fazia”, diz. “Lá eu comecei a falar de cultura e entendi que carreira é tão importante quanto um produto. Na verdade, esse é o produto que a gente promove”.

Após passagens pela Loggi e Zé Delivery, atualmente Jéssica trabalha com Employer Branding na Cora e, como qualquer profissional de comunicação e marketing, está sempre consumindo conteúdos e pesquisando o que outras empresas estão fazendo. “Às vezes até uma passada pelo Twitter já vira trabalho. Isso me trouxe uma necessidade enorme de desligamento”, conta. A seguir, ela compartilha com Cajuína o que gosta de fazer fora do expediente.

#1: Mudando de assunto

Procuro não assistir séries ou ler livros com o intuito de aprender algo relacionado a trabalho. Evito otimizar o lazer. Gosto de me entreter para descansar, então assisto coisas como Harry Potter, This is Us, Dark…Livros que tenham alguma coisa a ver com o trabalho eu deixo para ler durante a semana pela manhã. Agora eu reli o Employer Branding da Bruna Mascarenhas e estou lendo Essencialismo. Já aos finais de semana eu recorro a romances, fantasia, ficção. Os livros da Elena Ferrante, por exemplo, são ótimos para desconectar. 

#2: Pra frente

Não gosto de academia, mas comecei a correr e me fez muito bem. Me deixou mais calma. Corro uns 30 minutos antes do trabalho. É melhor do que café [risos].

#3: Outros ares

Sempre gostei de viajar e tenho sido muito feliz com o modelo de home office e a possibilidade de férias flexíveis. Amo conhecer novas culturas e consigo explorar o desconhecido até em São Paulo. De dois anos para cá, estive em Floripa – onde corria olhando para o mar –, Rio de Janeiro, Bahia, Buenos Aires…Sempre que tem feriado eu dou uma escapada. Agora estou planejando ir para a Europa e para a Tailândia em 2023. Minha ideia é conhecer dois países por ano. 

#4: Novos sabores

Nunca fui de cozinhar, só lavava a louça, mas em 2020 eu me tornei vegetariana e tive que me virar para não ficar só no arroz e feijão. Comecei, então, a pesquisar receitas e a aprender testando. Experimento muitas receitas com hambúrgueres de grãos, abobrinhas, saladas…Mas claro que não abro mão de uma pizza e da cerveja – adoro cervejas artesanais, aliás. Na época em que trabalhava no Zé Delivery a gente tinha cupons de desconto e eu aproveitava para experimentar rótulos diferentes. 

#5: De olho na tela

Às vezes eu volto à infância jogando videogame, seja sozinha ou com meu namorado. Aqui em casa eu tenho Playstation e gosto de Street Fighter e FIFA. Ainda falando em telas, gasto horas vendo memes no Instagram, lendo threads no Twitter e assistindo TikTok. É bom para relaxar, embora de vez em quando me lembre do trabalho. 

Veja também: Fora de Expediente com Rui Brandão, CEO da Zenklub

Luiza Terpins é Editora de Cajuína e Líder de Conteúdo e Comunicação da Caju.

Essa matéria vai bem com

Sorry, no posts matched your criteria.